24
MAI

Atenção ao estepe do seu carro.

O motorista só costuma se lembrar do estepe em caso de emergência, quando um pneu fura durante uma viagem ou amanhece vazio. Mas a negligência com o pneu sobressalente pode custar caro – além do transtorno de ficar com o carro imobilizado na rua. Mesmo sem uso, ele deve ser calibrado periodicamente, para que esteja pronto quando for necessário. O ideal é calibrá-lo junto com os demais, semanalmente.

A rotina vai garantir a integridade do pneu, que, com pouca pressão por muito tempo, pode ressecar e não resistir ao uso quando for solicitado. Além disso, verificar o estepe periodicamente pode fazer o motorista perceber mais cedo um eventual furto do equipamento – a prática é mais comum em modelos com o estepe alojado fora do carro, o que também o deixa exposto a sujeira e intempéries.

Fonte: jornaldocarro